DINHEIRO DO POVO

O Brasil é realmente o país dos absurdos.O Governador pode gastar fortunas de dinheiro público para fazer campanha política,na maior cara dura e fica por isso mesmo. Esse assalto ao dinheiro do povo não tem punição e o que é pior,o próprio povo ainda bate palmas.
Hoje(18) o Governador Rui Costa esteve em Itabuna em mais um ato político,disfarçado de ato administrativo. Foram montadas estruturas de pavilhão coberto, serviços de som, segurança, confecção de plaquinhas para os “presidentes de bairro” exibirem durante a entrega de ambulâncias e outros ítens, além do lançamento da construção de Policlínica,que todos nós sabemos que é mais uma ficção,assim como a duplicação da rodovia Itabuna x Ilhéus.
Fernando Gomes,agora apoiador de carteirinha do PT,foi ao evento bajular o Governador,mesmo sabendo que os famigerados 20 milhões de reais para conclusão do teatro em seu loteamento não foi e nem vai ser liberado porque o projeto da obra tem problemas estruturais.
O custo do evento não foi menor que 200 mil reais,segundo profissionais do ramo,mas o dinheiro é do contribuinte,recursos públicos gastos em campanha de Rui Costa para tentar a reeleição.
A clara demonstração de que se tratava de ato político de campanha veio com a recusa da entrega de duas ambulâncias,frutos de emendas parlamentares,destinadas ao município de Uruçuca somente porque o Prefeito Moacir Leite(DEM),que cumpria outra agenda,não estava presente para ser fotografado ao lado do Governador assinando o recebimento.O Prefeito enviou ao local seu Chefe de Gabinete,devidamente documentado para a finalidade,mas lhe foi negado a entrega das ambulâncias.
Isso é um absurdo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.